Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Região

Vereadores de Arabutã denunciam irregularidades na área da educação do município

Prefeita se defende e afirma que apresentará todos documentos e informações aos legislativo.

Por Ederson Vilas Boas
12/08/2020 às 07h57 | Atualizada em 13/08/2020 - 06h02


A bancada do MDB de Arabutã propôs e a Câmara de Vereadores do município instaurou uma CPI, que investigará a conduta da Administração Municipal, em relação a contratação, através de licitações, de um profissional de Programação Neurolingística, para atuação em um programa da Educação. Os vereadores tem o entendimento que há indícios de ilegalidade também no pagamento de horas para a prestação de serviços deste programa.

Conforme o vereador Felipe Patzlaff, do MDB, um dos proponentes da CPI, existe várias dúvidas e a comissão parlamentar poderá esclarecer as indagações. Ele conta que teve a revogação de uma licitação já homologada e outra em seguida foi realizada com outra modalidade e teve somente a participação de uma empresa. A dúvida existe porque foram executadas 918 horas neste programa da Educação, com o valor contratado de R$ 220,3 mil e existe a cobrança de 17 horas em um único dia, o que gera dúvidas, segundo o vereador.

Conforme os trâmites da CPI, são três bancadas e cada uma deve definir o seu representante, que escolherão presidente e relator.
 
Prefeita se manifesta sobre as denúncias

A Administração Municipal de Arabutã, através da prefeita Leani Schmitt, por meio de uma nota, se manifestou sobre a matéria acerca da contratação de um profissional de Programação Neurolinguística para atuação em um programa voltado ao setor de Educação, desenvolvido pela Municipalidade.
 
A Administração Municipal compreende e respeita o papel fiscalizador do Legislativo Municipal. A fiscalização das ações é uma iniciativa que colabora para que o Poder Público reforce todos os protocolos, que já são de praxe desta Administração, para garantir a lisura e a transparência em todos os atos.

É dever do Poder Legislativo fiscalizar, assim como serão fiscalizadas as obras, executadas em anos anteriores como: a canalização de água em Linha Guaraipo, o asfalto do Bairro Petry, dentre outros processos relacionados a períodos anteriores à atual administração, que serão objetos de investigação.

A Administração prima pelo vigor no cumprimento da lei em todos os processos que desenvolve. O Executivo tem agido com total transparência e responsabilidade, transmitindo tranquilidade e confiança à população. Informamos ainda que ficamos à disposição para quaisquer esclarecimentos que sejam necessários.

Por fim, a Administração Municipal mantém o compromisso de trazer profissionais com expressivo conhecimento em suas respectivas áreas para que esses conteúdos sejam multiplicados aos nossos profissionais e, por consequência, à sociedade em geral. Acreditamos que, dessa forma, caminhamos para o aprimoramento das nossas ações, buscando sempre priorizar uma gestão moderna, transparente e eficiente.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM