Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Justiça

Mais um autor de assalto em Castello Branco é condenado

Trio invadiu empresa em maio de 2018. Outros 2 já foram sentenciados.

Por Luan de Bortoli
14/10/2020 às 16h10 | Atualizada em 15/10/2020 - 06h54


Está condenado mais um dos membros do grupo que assaltou uma emprensa em Presidente Castello Branco no dia 26 de maio de 2018. A pena é de 13 anos e 4 meses(assim como os demais) sem direito de recorrer em liberdade. SSF foi preso 2 dias após ele e outros integrantes invadir, armados, o local onde estava  a família proprietária,familiares e funcionários.  Conforme a justificativa da condenação, que a reportagem da Rural e da 96 teve acesso, os criminosos agiam em crimes ataques nos estados do sul.

RELEMBRE CONDENAÇÕES DE OUTROS MEMBROS(matéria de agosto/2019): 
Um assalto que chamou a atenção da comunidade de Presidente Castello Branco, em maio de 2018, foi julgado pela Vara Criminal da comarca de Concórdia. Trata-se de um roubo cometido no centro do município. No mínimo três agentes invadiram o local onde funcionava uma empresa de importação e locação de máquinas de grua, utilizadas mediante fichas para os consumidores tentarem "capturar" bichos de pelúcia. Dois dos agentes identificados foram condenados a 13 anos e quatro meses de reclusão, em regime fechado.  A condenação foi por roubo com emprego de arma de fogo e concurso de agentes - quando o crime é cometido por mais de uma pessoa e causa maior intimidação à vítima e/ou dificulta sua defesa.

O CRIME: 
De acordo com a denúncia, no dia 26 de maio de 2018, por volta de 20 horas, os dois acusados, acompanhados por no mínimo mais um agente, invadiram o local. Armados e mediante violência, os assaltantes renderam o casal proprietário da empresa, familiares e três funcionários. As vítimas foram ameaçadas e amarradas durante a ação. Foram levados R$ 216 mil em espécie, além de celulares e um veículo. O roubo aconteceu no dia em que o proprietário havia feito o recolhimento dos valores nas máquinas alocadas em estabelecimentos diversos.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM