Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Coronavírus

Concórdia divulga mudanças com a bandeira amarela

Há algumas flexibilizações a mais para a população

Por Marcos Feijó
28/10/2020 às 18h20 | Atualizada em 29/10/2020 - 09h37


Concórdia, assim como os demais municípios da região da Amauc, passou para a classificação de risco alto para a Covid-19, de acordo com o mapa de monitoramento do Centro de Operações de Emergência em Saúde (Coes), da Secretaria de Estado da Saúde. Isso significa que há algumas flexibilizações por sete dias, contados a partir desta quarta-feira, dia 28.

Eventos sociais, por exemplo, podem ser realizados respeitando a capacidade de ocupação de 50% do espaço onde o evento é realizado. As lojas podem liberar a prova de roupas nos próprios estabelecimentos, seguindo as normas sanitárias.

Para congressos e palestras, deve-se respeitar a capacidade de ocupação de 50% do espaço do evento em locais que recebem até mil pessoas. Os museus podem abrir para a circulação de visitantes, não ultrapassando o limite de 1/3 da capacidade de lotação, incluindo os funcionários. É necessário manter o distanciamento de no mínimo 1,5 metro. Teatros e cinemas também podem funcionar com a ocupação máxima de 50% da capacidade de lotação.

O funcionamento de casas noturnas, casas de shows, boates e afins devem respeitar a capacidade de ocupação de 30%. O som ao vivo em restaurantes e bares, é permitido respeitando o distanciamento de dois metros entre o artista solo e as mesas. Todas as medidas sanitárias devem ser cumpridas, como o distanciamento entre as pessoas, o uso e disponibilização do álcool 70% e o uso de máscara.

Já os jogos de futebol recreativo podem ser realizados todos os dias da semana, desde que sejam respeitadas as normas sanitárias.
Importante destacar que é fundamental manter os cuidados e respeitar as normas sanitárias como uso de álcool em gel, máscara, distanciamento e capacidade de lotação de cada espaço, para que a matriz de risco não volte ao quadro grave ou gravíssimo, quando as restrições são maiores.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM