Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Economia

FIESC (Alto Uruguai) destaca reação da indústria em 2020

Análise foi apresentada em evento nesta semana em Concórdia.

Por Marcos Feijó
26/11/2020 às 18h27 | Atualizada em 28/11/2020 - 08h29


A Vice-Presidência da FIESC, para a  região do Alto Uruguai Catarinense, realizou na noite de quarta-feira, dia 26, nas dependências do Restaurante 29 de Julho, o Jantar de Encerramento do Ano. O evento, que seguiu rigorosamente todas as normas sanitárias, contou com a presença  de representantes dos Sindicatos Patronais da indústria. Também estiveram presentes: o vice-prefeito de Concórdia, Edilson Massocco, o secretário de Urbanismo, Elton Polina, e o secretário de desenvolvimento econômico e turismo, Wagner Simioni.

O Vice-presidente da FIESC, para o Alto Uruguai, Álvaro Luís de Mendonça, destacou que 2020 foi um ano  atípico para a Indústria Catarinense em que os industriais superaram com muito trabalho, persistência e criatividade os efeitos de uma pandemia mundial. "Foram momentos difíceis, mas nossa Indústria agiu rapidamente e conseguiu superar as adversidades e os obstáculos que se sobrepuseram.  No Alto Uruguai Catarinense, essa recuperação foi visível. Ao chegarmos a final de um ano diferente, podemos afirmar (categoricamente) que 2020 está sendo um ano de superação", declara Mendonça.

O vice-presidente lembrou que já previa essa recuperação rápida do setor industrial e que essa é uma característica do industrial catarinense. "No início da pandemia, quando houve paralisações e restrições em diversos setores da indústria, já antecipávamos que o setor tinha uma notável capacidade de se recuperar e que essa recuperação se daria de uma forma muito rápido. Felizmente, foi isso que ocorreu. Hoje, temos a satisfação de vermos os segmentos industriais em pleno desenvolvimento", acrescenta.

A gerente executiva regional do SESI e SENAI, Silvana Meneghini, fez um demonstrativo das ações desencadeadas neste ano e como SESI e SENAI agiram durante a pandemia. Em função do avanço dos casos da Covid-19,  as aulas presenciais foram suspensas e, neste período, as ferramentas digitais foram indispensáveis para manter as atividades com os alunos, mesmo que de forma virtual. Neste aspecto, o SESI SENAI (agora Escola "S") esteve na vanguarda neste processo, assegurando que os estudantes tivessem um ensino de qualidade, contando com as mais avançadas tecnologias e possibilitando a interação entre alunos e professores. Apesar da pandemia, SESI e SENAI conquistaram resultados expressivos neste ano. 
 

Fonte: PG Comunicação





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM