Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Economia

Setor imobiliário projeta manter expansão em 2021

Após um começo difícil na quarentena, mercado de imóveis inicia retomada dos investimentos.

Por Rafael Martini
03/02/2021 às 06h25 | Atualizada em 03/02/2021 - 07h40



A intenção de compra de imóveis nunca foi tão grande, segundo uma pesquisa da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). A proporção de pessoas que declarou intenção de adquirir um imóvel nos próximos três meses passou de 43% no 2º trimestre para 48% no 3º trimestre de 2020. O ano passado, o mercado imobiliário surpreendeu em plena pandemia do novo coronavírus e, para o ano de 2021, a tendência é continuar aquecido. Segundo Marco Uliano  - Coordenador do Núcleo das Imobiliárias da ACIC, o atual cenário é de grandes expectativas. “O atual cenário é de grandes expectativas. No início da pandemia, todos os setores ficaram estagnados, até que se vislumbrasse um cenário possível de recuperação”.

A pandemia do novo coronavírus acarretou em muitas mudanças na rotina de vida das pessoas, consequentemente o perfil dos consumidores também mudou, e com isso, surgiram novas necessidades, como destaca Marco Uliano. “Com as necessidades das famílias de terem um espaço maior em razão do isolamento social, as pessoas perceberam que necessitavam de um espaço mais amplo, sendo assim, empresas da construção civil se adaptaram rapidamente as novas tendências do mercado”.

A taxa selic atualmente está em 2%, com isso, a taxa de juros diminuiu, consequentemente a demanda por investimento no setor aumentou. Segundo Uliano, essa é uma tendência em todo o Brasil. “Em todo o cenário nacional essa é a tendência. Com a baixa dos juros, com mais dinheiro no mercado, muitas pessoas vislumbraram a possibilidade de se investir e comprar novos imóveis, almejando ter um retorno financeiro”.

Em concórdia e região a procura por novos imóveis têm aumentado consideravelmente. De acordo com Marco Uliano, as vendas de imóveis aqueceram nos últimos meses. “Há uma grande procura. Nós temos vários lançamentos saindo. Na rua Osvaldo Zandavalli, irão ser construídos três grandes empreendimentos" ,salientou Uliano.

Com o novo cenário, as construturas de toda a região estão otimistas para o ano de 2021. De acordo com informações, a procura por alugueis também cresceu. Segundo Uliano, várias empresas que ficam localizadas fora do município de Concórdia estão aguardando pontos comerciais na região central da cidade. Com todas essas possibilidades, é grande a expectativa para 2021, um mercado em franca expansão. “Possibilidades e tendências as melhores possíveis, tanto mercado de locação como na parte de vendas e construção de novos imóveis”, finalizou Marco Uliano.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM