Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Concórdia

Artistas de rua serão notificados para suspenderem apresentações

Homem foi agredido no centro de Concórdia (ATUALIZADO).

Por Marcos Feijó
23/02/2021 às 14h23 | Atualizada em 24/02/2021 - 07h26


O final da manhã desta terça-feira, dia 23, foi marcada por um fato lamentável: um senhor muito coinhecido na cidade estava passando pela Rua Dr. Maruri e avistou que um homem estava agredindo outro, pediu para que o agressor parasse,  ele se revoltou com isso e partiu para cima do idoso, o derrubou no chão e lhe agrediu com diversos socos e pontapés, lhe causando diversas lesões na cabeça e rosto.

O agredido foi levado ao hospital e a Policia Militar foi acionada e com as caraterísticas do suspeito iniciou a busca pelo agressor. O idoso fez exames de corpo delito junto ao IML no período da tarde e registrou ocorrência na Central de Polícia.

Devido a esse fato e outros ocorridos nos últimos dias, o prefeito Rogério Pacheco já fez contato com as polícias Civil e Militar e o município estará tomando providências com a elaboração de um decreto nas próximas horas tratando sobre essas apresentações artísticas em vias públicas e outros espaços.

O senhor gravou um vídeo dizendo que está se recuperando bem e que os devidos encaminhamentos foram tomados. 

Atualização(assessoria Adm.Municipal):

"A respeito da agressão ocorrida hoje no cruzamento das ruas Dr. Maruri e Getúlio Vargas em Concórdia, informamos que o prefeito Rogério Pacheco determinou a intensificação na fiscalização de atividades que possam estar sendo realizadas sem a concessão de alvará. Conforme o Decreto Municipal 6.610 de 09 de Fevereiro deste ano, em seu Artigo Primeiro, está suspensa a concessão de alvarás para comércio eventual, circos, parques, feiras e a atuação de vendedores ambulantes para venda de serviços (como é o caso dos artistas de rua) no âmbito de todo o território municipal.

Artistas de rua que estão se apresentando nos cruzamentos de Concórdia estão em situação irregular, sem autorização do município. Eles serão notificados e convidados a suspenderem suas apresentações durante a vigência deste Decreto."
 





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM