Rádio Rural

COLUNA DO LUÍS LONGHINI

Luis Longhini


'Neguinho do Asfalto' passa por Concórdia. Veja!

Por Luís Longhini
Histórias de vida
26/10/2021 às 04h23

CONCÓRDIA - Tudo partiu de uma promessa. Se voltasse a enxergar e recuperasse os movimentos, passaria os próximos 30 anos pedalando. Foi assim que no dia 1° de fevereiro de 1991, Antônio Rogério do Nascimento começou uma maratona que só terá fim em fevereiro de 2022, no Canadá.

'Neguinho do Asfalto', como ficou conhecido, perdeu a mãe quando nasceu e, há dois anos, o pai. Segundo Rogério do Nascimento, quando menino, sofria de doenças como cegueira, paralisia e deficiências nos pulmões e nos rins.

O garoto prometeu a Nossa Senhora Aparecida que, se se voltasse a andar e a enxergar, passaria os próximos 30 anos pedalando. E assim foi. Ou melhor, está sendo.

O ciclista franzino, de pele maltratada pelo Sol, conta que já passou por todos os estados do Brasil e por outros 14 países. Para algumas viagens no exterior, ele busca apoio do Consulado do Brasil, mas revela que nem sempre tem sucesso na busca.

- Vou na 'cara-de-pau' e peço ajuda, mas nem sempre dá certo. Tenho que tomar um medicamento de três em três meses. A gente se vira como pode para arrumar dinheiro - lamenta.

Pelas contas do 'ciclista-pagador-de-promessas', quase 750 mil quilômetros já foram percorridos.

Haja pedalada! Em Concórdia 'Neguinho do Asfalto' não passou despercebido não, foi literalmente bem recebido pelos concordienses que conhecem sua trajetória sob pedal.

 

Fonte: Luís Longhini





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR






VEJA TAMBÉM