Rádio Rural

OPINIÃO

LUAN DE BORTOLI




Falta entendimento e sobra ignorância

Saúde revela números assustadores da vacinação contra a covid em Concórdia.
Adicionado em 20/05/2022 às 08:51:06

Não quero ser repetitivo, e o assunto da coluna de hoje até seria outro bem diferente. Mas, eventualidades do jornalismo fazem isso. E diante da assustadora informação repassada pela secretária de saúde de Concórdia nesta semana, não há como ser diferente e passar ileso deste assunto: vacinação da covid-19.

Nesta quinta-feira, Leide Mara Bender passou dados preocupantes em relação à proteção contra o coronavírus. Se você não acompanhou, em resumo, ela comentou que a procura pela 3ª e 4ª doses está em baixa, especialmente nos idosos, que são os que mais precisam estar protegidos neste momento. Mas o que mais chamou a atenção foi quanto às crianças: 80% de 5 a 11 receberam a primeira dose, mas apenas 25% voltaram para a segunda.

Já é preocupante por si só que quase 20 mil pessoas não voltaram para a terceira dose em Concórdia, que é fundamental para completar o ciclo vacinal e estar com a proteção plena, reduzindo consideravelmente a chance de um agravamento pela covid caso seja contaminado. Surpreende também que idosos não estejam preocupados coma quarta dose, que amplia ainda mais a proteção. Eles são hoje o grupo mais vulnerável e é por isso que mais um reforço é necessário, especialmente no frio.

Mas o que mais me assustou, sem dúvida, foi sobre a baixa adesão das crianças. Não consigo ver de forma clara um motivo que faça 80% delas receberem a primeira dose, mas apenas 25% dos pais levarem as crianças de volta para dar sequência ao complemento vacinal. Nem metade das crianças estão com o esquema completo. 

É por essas e outras que vemos o aumento considerável dia após dia de casos de covid em Concórdia (e em SC). Em vários círculos, a gente ouve várias narrativas sobre a vacinação. Muitas pessoas estão desacreditando delas em função do aumento no número de doses necessárias e pela continuidade da contaminação mesmo em imunizados. 

Mas é um discurso que não convence e não se alicerça com solidez. Está mais do que explicito, há meses, de que a vacina não vai, infelizmente, evitar que a população pegue a doença. E isso não é por ineficiência dos imunizantes, mas é justamente pela baixa cobertura vacinal que está propiciando a formação de novas variantes do coronavírus, que acabam por burlar a proteção oferecida pelas vacinas.

Este é um fato. Mas é preciso que a população tenha a plena consciência de que, apesar de a vacina perder a eficácia para contaminação com o tempo, ela ainda protege muito contra a forma grave da doença, aquela que leva para uma internação ou até ao óbito. É a mesma coisa com a gripe, por exemplo.

Ou vocês acham que o numero irrisório de mortes por covid nos últimos três é fruto apenas do acaso? É claro que não. Faça sua parte.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM

01

Jul
Luan de Bortoli

Concórdia é uma das melhores cidades para se viver?

Abro a coluna de hoje com esta pergunta que está no título de minha coluna de hoje: Concórdia é uma das melhores cidades para se viver no Brasil atualmente? O que você acha? Na minha visão, é, sim. Uma pesquisa da Revista Isto É mostra que o...

Leia mais

24

Jun
Luan de Bortoli

​Muito se falou e pouco se falou

O tema é espinhoso e delicado. O principal assunto da semana foi a gravidez de uma menina de 11 anos após ter sido estuprada por um homem e o impedimento de ela fazer o aborto pela Justiça. O caso aconteceu há poucos meses na grande Florianópolis e...

Leia mais

17

Jun
Luan de Bortoli

​Desvia de um para cair em outro

Toda vez, a mesma história. Parece repetição ou insistência no mesmo assunto, mas é apenas um necessário pedido de ajuda. A buraqueira em rodovias da região continua. Os relatos são quase diários de que as estradas próximas a Concórdia seguem com...

Leia mais

10

Jun
Luan de Bortoli

Você já passou fome?

O resultado do 2º Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil, feito pela Rede Penssan (Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional), é chocante. 33 milhões de...

Leia mais

03

Jun
Luan de Bortoli

Trabalhamos até domingo só para pagar impostos

Que importante é a campanha Dia sem impostos, promovida em todo o Brasil ontem, quinta-feira. Em Concórdia, encabeçada pela CDL Jovem, o projeto também foi realizado. Já é a terceira vez que  o município adere à ação, que visa mostrar a alta...

Leia mais