Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Estado

Mais de dez cidades atingidas por chuvarada

Alagamentos, falta de luz, queda de barreira em rodovia e outros problemas são registrados em razão do mau tempo

Por Luan de Bortoli
14/07/2015 às 13h24 | Atualizada em 14/07/2015 - 14h13

Pelo menos 10 cidades do Oeste e Meio Oeste de Santa Catarina têm problemas nesta terça-feira com as condições adversas do tempo. As informações são da Defesa Civil.

A cidade de Chapecó está entre as mais afetadas. Também enfrentam problemas os municípios de Joaçaba, Xanxerê, Xaxim, Maravilha, Abelardo Luz e São Miguel do Oeste. As ocorrências vão de queda de árvores e de energia elétrica até alagamentos e vendavais. Houve casos de suspensão de aulas em algumas cidades.

— As primeira ações são das Defesas Civis municipais. Por enquanto a secretaria estadual ainda não precisou dar apoio, mas provavelmente isso será necessário ao longo do dia, com as cidades contabilizando os prejuízos — destaca o diretor de prevenção da Defesa Civil do Estado, Fabiano de Souza.

No Oeste e Meio-Oeste, 31 mil casas ficaram sem luz, de acordo com a Celesc.

Confira os principais estragos por municípios:

Concórdia:

De acordo com o vice-presidente do Corpo de Bombeiros Voluntários, Gilson Heeman, a barragem de contenção da cidade transbordou e as principais ruas do centro da cidade estão alagadas. Cerca de 10 famílias do centro, alunos da escola Deodoro e outras pessoas que estavam em lojas do bairro foram retiradas e levadas para o Centro de Referência de Assistência Social. 

Ainda segundo os bombeiros, houve deslizamentos nos bairros Natureza e Arvoredo e algumas localidades como Presidente Kennedy estão sem acesso pois as pontes estão submersas.

Chapecó:

Sete pontos de alagamento, segundo a Defesa Civil. O bairro São Pedro é um dos mais atingidos, inclusive com algumas pessoas desalojadas.Entre as ruas com alagamento estão a Nereu Ramos, Porto Alegre, Getúlio Vargas e Fernando Machado.

Empresas  residências foram afetadas

Caxambu do Sul: 
Famílias de 40 casas foram retiradas devido ao alagamento.

Coronel Freitas:
Alagamentos pontuais, 50 casas e estabelecimentos comerciais atingidos.

Nova Itaberaba:
Alagamentos em comunidades isoaldas e 10 casas alagadas

Xaxim:
Sete bairros com alagamento

Xanxerê:
Alagamentos pontuais e dois bairros afetados 

Águas de Chapecó: 
Balneário Hidroeste alagou pelo aumento do nível do Rio Chapecó

Arvoredo:
Deslizamento em encostas

Capão Alto:
Queda de barreiras e encostas

Maravilha:
Alagamento no centro e mais 7 bairros

Paraíso:
Pontos isolados de alagamento

Campos Novos: 
Alagamentos em pontos isolados

São Domingos:
Comunidades rurais afetadas.

Itá:
Deslizamentos em estradas.

Galvão:
Residências afetadas por granizo. 

Rajadas de vento e granizo

De acordo com previsão da Epagri/Ciram, permanece o alto risco de temporal (rajadas de vento entre 60-90km/h e granizo) no Oeste, Meio-Oeste, Planalto Sul e Litoral Sul de SC, com incidência intensa de raios, nas próximas horas

Para o meteorologista da Central RBS de Meteorologia, Leandro Puchalski, o cenário é preocupante.

—  A imagem (de satélite) mostra a forte nebulosidade no Sul do Brasil, com destaque para as áreas em azul e rosa, que estão bem no Oeste, Serra e Sul de Santa Catarina —  alerta.

Fonte: Diário Catarinense





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM