Rádio Rural

NOTÍCIAS


Tragédia em Chapecó

Todos os corpos de vítimas de tragédia foram reconhecidos

Corpos deverão ser trasladados a Chapecó já na tarde desta quinta.

Por Luan de Bortoli
01/12/2016 às 09h58 | Atualizada em 02/12/2016 - 07h39

Depois de muito trabalho, todas as vítimas do desastre aéreo na Colômbia terminaram de ser identificadas. De acordo com o Instituto Geral de Perícias (IGP) de Santa Catarina, o processo finalizado ainda nesta madrugada - por volta da 1h30min no horário oficial de Brasília - é primeiro passo para a liberação dos corpos. Após os procedimentos legais, segundo o diretor jurídico da Chapecoense, Marcelo Zolet, as vítimas devem ser liberadas às 17h (horário oficial de Brasília) e chegariam na cidade de Chapecó nas primeiras horas de sexta-feira. 

Segundo informações não confirmadas, mas já divulgadas pela imprensa, com a chegada dos corpos na madrugada, o velório coletivo poderá ocorrer já nesta sexta-feira. Previsto inicialmente para às 12 horas de amanhã, deve deve ocorrer à tarde. Anteriormente, se falava que seria apenas no sábado. As informações deverão ser confirmadas nas próximas horas.

Ainda, de acordo com o necropapiloscopista do IGP, Ruy Fernando Garcia, no processo para trazer os corpos de volta para casa, falta ainda o embalsamento e emissão de certificados de óbito no país. Após isso, haverá uma homenagem no aeroporto de Medellín com a presença de autoridades locais. 

Quem deverá realizar o translado dos corpos serão as duas aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB), que estão em Manuas. Elas aguardam a autorização do governo do Brasil para decolarem sentido Colômbia.

Velório coletivo

O secretário executivo de Assuntos Internacionais, Carlos Adauto Virmond Vieira, afirma que a prefeitura da cidade está organizando um ato de despedida às vítimas do acidente. 

— Estão sendo providenciados 70 carros funerários para levar os corpos até o aeroporto de Medellín, onde terá uma cerimônia com honras militares para os atletas e jornalistas que perderam a vida nesta tragédia aqui na Colômbia — afirmou.

Veja como será o velório

Os caixões serão trasladados lacrados do Aeroporto de Chapecó até a Arena, e o transporte será feito por carretas-plataforma abertas. Serão pelo menos quatro veículos.

Toda a logística foi testada ontem. Vai haver escolta, e ruas e avenidas serão bloqueadas. Os torcedores poderão ficar nas arquibancadas e passar pelos caixões, mas sem paradas.

Os caixões serão organizados lado a lado, identificados com a foto de cada jogador e demais integrantes do clube. Familiares, convidados e autoridades ficarão dentro do gramado.

Um cordão de isolamento feito com gradis vai separar os caixões do público. Uma grande tenda está sendo montada numa das linhas de fundo. 






SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM