Rádio Rural

NOTÍCIAS


Tragédia em Chapecó

Feijó entrevista mãe de Danilo na Arena Condá (ouça)

Danilo foi encontrado vivo, mas perdeu a vida pouco depois.

Por Luan de Bortoli
02/12/2016 às 13h24 | Atualizada em 03/12/2016 - 08h32

Vinda do Paraná, Alaíde, a mãe do goleiro Danilo, uma das vítimas da tragédia do voo da Chapecoense, na Colômbia, na terça-feira, 29, chegou à Arena Condá por volta das 13 horas desta sexta-feira, 02, e, bastante emocionada, atendeu a imprensa e conversou com familiares de outras vítimas. 

Em entrevista aos repórteres, ela falou da dificuldade que sente em chegar ao estádio e saber que não verá mais o filho jogando. Muito abalada, ela disse que é horrível a sensação de saber que daqui a algumas horas verá o filho entrando no estádio dentro de um caixão, depois de muitas vezes vê-lo jogando.

O repórter Marcos Feijó também chegou a conversar com a mãe do goleiro. Ele perguntou se ela lamenta a defesa da última partida da Chapecoense, contra o San Lorenzo, onde Danilo fez uma defesa que classificou a equipe para a final da Copa Sul Americana. Bastante certa e segura, ela afirmou que não. "Se ele não tivesse defendido, talvez teria enterrado a carreira ali", disse.

Danilo era uma das vítimas encontradas com vida pouco depois da tragédia na madrugada da terça-feira. Ele chegou a ser levado ao hospital pelo grupo de resgate com vida, mas não resistiu aos inúmeros ferimentos e acabou perdendo a vida minutos depois.

Confira o áudio:







SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM