Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Economia

BRF abre mais de 2 mil novas vagas de trabalho no primeiro trismestre no Brasil

Empresa acelera execução de plano estratégico.

Por Marcos Feijó
09/04/2021 às 14h36


No primeiro trimestre de 2021, a BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, somente no Brasil contratou 2,1 mil profissionais para novas posições com a expansão de suas operações. É quase o número de novos postos de trabalho de todo o ano anterior na empresa - 2,2 mil. As oportunidades foram geradas em 72 municípios, em todas as regiões do País. Com as novas contratações, a Companhia, além de cumprir o compromisso de abastecer a população, avança nas metas de crescimento, conforme o Plano 2030, anunciado em dezembro, com previsão de atingir R$ 100 bilhões de receita líquida e de cerca de R$ 55 bilhões em investimentos nos próximos 10 anos. Atualmente, a BRF conta com mais de 95 mil funcionários em todo o mundo.
 
Aproximadamente 90% das contratações pela BRF se referem exclusivamente às áreas operacionais. Cerca de 40% dessa força de trabalho operacional contratada desde janeiro em novas vagas abertas (832 trabalhadores) foi absorvida pelo Centro-Oeste do país. A Região Sul responde por 627 contratações (cerca de 30%). As demais contratações se dividem entre o Sudeste e o Nordeste.
 
Essas oportunidades de trabalho contrastam com um cenário de desemprego preocupante no Brasil, sob o efeito da crise econômica provocada pela pandemia, mas que dá sinais de recuperação, conforme destacou o Ministério da Economia ao divulgar que, conforme o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), a economia brasileira em janeiro gerou 260.353 empregos com carteira assinada, o melhor resultado para janeiro de toda a série histórica do levantamento, que tem início em 1992.
 
“As contratações contribuem para a manutenção da nossa operação e para o crescimento de novas atividades, e têm impacto direto na alimentação de milhares de famílias, além de gerar emprego para a economia local. Sabemos do nosso papel e responsabilidade perante as comunidades em que estamos inseridos”, afirma Lorival Luz, CEO da BRF.
 
Segundo o executivo, as novas contratações permitem à empresa agir com cuidado rigoroso na implementação de medidas que preservem a saúde dos colaboradores e a segurança dos ambientes profissionais. Neste caso, muitas das etapas do processo seletivo passaram a ser realizadas por meio virtual. Procedimentos para identificação de sintomas, como medição de temperatura e até mesmo exames específicos são realizados antes de o candidato ingressar na empresa e, caso este apresente algum sintoma, a Companhia posterga o ingresso até que o profissional seja considerado apto para o trabalho.

Fonte: Assessoria





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM