Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Coronavírus

​Amauc recebe com surpresa a não aprovação da vacina Sputnik V

Municípios apostavam no imunizante russo para acelerar a vacinação na região.

Por Lucas Villiger
03/05/2021 às 09h30


Municípios de Santa Catarina ficaram decepcionados com a notícia da não aprovação do pedido de importação da vacina russa Sputnik V. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a avaliação dos dados disponíveis até o momento aponta falhas no desenvolvimento e na produção do imunizante. Também foi relatado a ausência ou insuficiência de dados de controle de qualidade, segurança e eficácia do produto.

A presidente da Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense (Amauc), Leani Schmitt, comenta sobre o impacto da notícia na região. “Então foi uma surpresa para nós a não aprovação da Anvisa no que se refere a vacina Sputnik, segundo o presidente da Fecam as vacinas viriam em poucos dias, então estamos no aguardo para possíveis soluções”, explica. “Acredito que os municípios continuam dispostos a adquirir as doses para incrementar na vacinação das cidades de acordo com a Campanha Nacional de Imunização”, completa Leani.

Leani também disserta sobre a campanha de vacinação nos municípios da Amauc. “Pelo que temos conhecimento tudo está em dia, tudo bem organizado pelos municípios da Amauc, porém a gente sabe que existe as limitações em relação a disponibilidade de vacinas”, discorre. “É importante destacar que a intenção dos municípios é vacinar o maior número de pessoas possíveis, e é importante destacar que os cuidados devem continuar, pois o contagio ainda é alto”, finaliza Leani.

A Campanha Nacional de Imunização avança gradualmente no país, em Santa Catarina quase 15% da população já recebeu ao menos uma dose do imunizante. Atualmente o Brasil utiliza vacinas da AstraZeneca, do Butantan e da Pfizer, porém as cidades que compõem a Amauc ainda não receberam doses da vacina da Pfizer.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM