Rádio Rural AM 840

NOTÍCIAS


Coronavírus

Vacinação contra a covid em adultos com comorbidades inicia no sábado em Concórdia

Aplicação de doses será em alguns postos de saúde.

Por Luan de Bortoli
07/05/2021 às 13h15 | Atualizada em 08/05/2021 - 11h49


A administração municipal vai começar a imunizar o novo público-alvo - adultos com algumas comorbidades - contra a covid-19 neste sábado, dia 08, com continuidade na próxima semana. A informação foi confirmada pela secretária de saúde, Leide Mara Bender, ao jornalismo da emissora nesta sexta-feira, dia 07.

Nesta primeira edição, a aplicação das doses vai ocorrer das 08h às 11h, mas não mais no Parque de Exposições. O formato passa por mudança. A ação deste sábado será realizada nas Estratégias de Saúde da Família de alguns bairros de Concórdia. São eles: Santa Cruz, Santo Antônio, Vista Alegre, Salete e KM 100, além da Unidade Sanitária Central.

A secretária informa que o grupo contemplado neste primeiro momento é composto por qualquer pessoa entre 18 e 59 anos que se encaixa nas seguintes especificações: Síndrome de Down, Transplantados e Gestantes e puérperas apenas com comorbidades. Para a ação deste sábado, não há agendamento, bastando se dirigir às unidades de saúde.

“Pessoas que não conseguirem ir amanhã, não tem problema. Elas podem ir nos próximos dias em que houver vacinação. Mas a gente pede que quem puder ir amanhã, é bem importante, porque aí vamos adiantando a campanha”, destaca a secretária Leide Mara Bender.

Para este sábado, o número de contemplados na imunização e de doses aplicadas será baixo. De acordo com a secretária, são esperadas cerca de 200 pessoas que se encaixem nas três faixas do público-alvo descritas acima. Cada um vai ter que assinar um termo de autodeclaração de que é portador de determinada comorbidade, isentando o enfermeiro de qualquer descumprimento de norma. Declaração falsa é crime.

Próxima etapa com agendamento

Na próxima semana, a vacinação terá continuidade. Segundo informou Leide Mara à reportagem, na terça-feira, dia 11, será a vez de mais um grupo ser acrescentado ao público prioritário. São as pessoas com comorbidades entre 55 e 59 anos.  As doenças preexistentes serão informadas ainda hoje pela prefeitura.

“Por exemplo, hipertensão entra [na ação de terça], mas não é toda hipertensão. É aquela mais grave, que a pessoa está usando acima de três medicamentos, que tem lesão em órgão, então tem uma série de critérios que devem ser respeitados”, alerta Leide Mara.

​O alerta é que nesta etapa da próxima semana, a vacinação será por agendamento. A prefeitura vai informar nas próximas horas como proceder. Nestes demais grupos, cada pessoa com determinada comorbidade deverá comprovar a doença preexistente.

“Pessoas que fazem acompanhamento no SUS têm cadastro e já são acompanhadas. Aí tem as pessoas que têm a receita do uso contínuo de medicamento, que tem que ter um ano de validade, ou atestado médico, esses documentos que comprovem a doença, mas com um ano de validade. Não tem necessidade todo mundo correr atrás de atestado médico agora”.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM