Rádio Rural

NOTÍCIAS


Agricultura

​Produção de Pitaia na região cresce nos últimos anos

Cultura se populariza cada vez mais.

Por Lucas Villiger
12/05/2021 às 09h27 | Atualizada em 13/05/2021 - 08h22


A produção de pitaia na região não é tradicional na região, na verdade ela está apenas iniciando. Porém, ela vem se desenvolvendo rapidamente nos últimos anos e se tornando muito conhecida popularmente. Inúmeros produtores no oeste catarinense já produzem a fruta, mas a maior concentração da produção em Santa Catarina está na região sul, em Turvo e Araranguá.

A reportagem da Rural conversou com um dos pioneiros da produção em Concórdia, Anacleto Canan, que começou a produzir pitaia cerca de cinco anos atrás. O agricultor conta como iniciou a produção da nova cultura. “Nós começamos há uns 6 ou 7 anos com algumas mudas que inicialmente trouxemos a título de curiosidade lá do estado do Mato Grosso, como a gente identificou que essa fruta poderia ter algum potencial econômico, a gente começou a investir mais comercialmente”, conta. “Procuramos aprender mais sobre o cultivo da planta, procuramos interagir com outros produtores, com a própria Embrapa que somos parceiros no desenvolvimento de mais duas variedades, enfim, nos aprofundamos no conhecimento cada vez mais”, completa Anacleto.

Anacleto fala também da façanha que é trabalhar com a produção de pitaia. “Essa planta é completamente diferente de qualquer outra que existia aqui na região, para começar ela é da família dos cactos né”, comenta. “Então ela tem um tipo de sustentação diferente, a planta é totalmente diferente, a multiplicação também é diferente, é uma aventura completamente nova a produção”, finaliza o agricultor.

A comercialização da fruta aumenta de forma significativa. O ingresso de novos produtores e uma maior oferta da pitaia no mercado fez com que a produção se tornasse mais barata. A tendência dos produtores é que a fruta seja cada vez mais popular no dia a dia dos consumidores e que a procura por ela nas fruteiras cresça gradativamente.

Os estudos laboratoriais da Embrapa Agroindústria Tropical mostram que a pitaia tem um grande potencial para auxiliar no controle do colesterol, da glicemia e da ansiedade. A fruta também foi eficaz na redução do colesterol total, do LDL e dos triacilgliceróis. Também foi constatado a elevação do HDL, conhecido como “colesterol bom”.

Acompanhe um pouco da produção do Anacleto Canan na galeria de imagens.






SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM