Rádio Rural

NOTÍCIAS


Saúde

Percentual de faltantes para vacinação contra a covid deixa Saúde de Concórdia em alerta

Prefeitura pede que pessoas compareçam às ações de imunização.

Por Luan de Bortoli
24/06/2021 às 06h19 | Atualizada em 25/06/2021 - 05h58


A prefeitura de Concórdia está observando um fenômeno que começa a preocupar a equipe de saúde do município: faltantes para receber doses de vacina. O problema ocorre tanto na aplicação da primeira dose, quando o horário é agendado previamente, quanto para o reforço vacinal, que garante a totalidade da imunidade garantida pela vacina.

De acordo com a administração municipal, isso já ocorreu em outras ações, mas tem aumentado mais recentemente. Na última ação para a população em geral, na segunda-feira, 56 faltantes foram registrados, o que representou 6% das doses totais disponibilizadas. A prefeitura alerta que este não comparecimento tira o lugar de pessoas que gostariam de ser imunizadas.

Conforme a administração municipal, este é considerado um percentual considerável diante da necessidade de vacinar rapidamente os grupos prioritários para consequentemente chegar a um maior número de imunizados. A secretária de saúde, Leide Mara Bender, alerta para as consequências do não comparecimento.

"São pessoas que estão se cadastrando e não comparecem, e tiram vaga de outars pessoas. A procura pro vacina é muito grande. O que nos intriga é que não é um tempo muito grande entre agendamento e vacinação, é um dia. A partir do momento que você agenda, tá comprometendo aquela dose. Então, você tem a obrigação de comparecer. O número é muito grande. E causa transtorno. Muitas pessoas ficam sem vacina".

Já quanto à aplicação da segunda dose, que é o reforço para garantir a imunidade completa, a falta é ainda maior. No total, até agora, pelo menos 580 pessoas deixaram de receber o complemento do imunizante e estão apenas com parte da vacinação realizada, o que prejudica o avanço da busca pela volta à normalidade. O percentual é de cerca de 6% do total.

"Não é muito alto, mas é considerável. A segunda dose é fundamental. Não entendo porque as pessoas não comparecem na segunda dose. O ciclo completo só ocorre na segunda dose. Todo mundo precisa completar a imunização. E mesmo assim, a gente reforça para as pessoas continuarem se cuidando. Se as pessoas não puderem comparecer no dia agendado, é importante procurar a Unidade Sanitária para complementar a vacinação".
 





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM