Rádio Rural

NOTÍCIAS


Saúde

​Com doses restantes, começou nesta segunda vacinação contra influenza em toda a população

Vacina contra H1N1 é aplicada nos postos ou unidade sanitária.

Por Luan de Bortoli
12/07/2021 às 06h16 | Atualizada em 12/07/2021 - 15h17


 A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza (H1N1), iniciada em abril e encerrada na última sexta-feira, dia 09, não atingiu a meta estipulada, ficando bem abaixo do esperado em todo o país. Em Concórdia, o percentual desejado também não foi atingido. Por isso, a partir desta segunda-feira, dia 12, as doses restantes estão liberadas para o público em geral.

A autorização foi emitida pelo Ministério da Saúde, para que os municípios façam a aplicação das doses que não foram usadas nas demais pessoas. A secretária de saúde de Concórdia, Leide Mara Bender, lembra que os interessados devem procurar os postos e precisam respeitar a janela imunológica entre a vacina da gripe e contra a covid-19.

"A partir de segunda-feira, a gente vai disponibilizar para a população em geral. Não precisa de agendamento, só procurar os postos de saúde. Tem que ter um intervalo mínimo de 14 dias entre uma vacina e outra (da covid) e também aquela pessoa com sintomas de gripe não é recomendado fazer. As duas vacinas são importantes. Eu aconselharia, dentro dos critérios estabelecidos, se está na idade da covid, faz da covid e depois, espera 14 dias, e faz da gripe".

Concórdia atingiu menos de 60% da população que fazia parte do grupo prioritário. Nenhum deles atingiu a meta. No município, o esperado era aplicar mais de 27 mil doses na população atendida, mas cerca de dez mil imunizantes sobraram. Isso gera preocupação pois em junho houve aumento significativo nas internações em decorrência de doenças respiratórias em Concórdia.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM