Rádio Rural

NOTÍCIAS


Eleições

​Partido Patriotas destituiu executiva municipal de Concórdia, diz ex-candidata

Possível candidata para 2022, Rutineia Rossi já recebe convite de três partidos.

Por Lucas Villiger
30/08/2021 às 13h08

O Partido Patriotas destituiu Rutineia Rossi e toda executiva municipal de Concórdia, porém a ativista politica já recebe convites para se filiar em outros partidos visando as eleições de 2022. Rutineia já foi candidata a deputada estadual em 2018 e a prefeita em 2020, ainda não é certo se ela lançara candidatura nas próximas eleições, mas a advogada e professora de direito já articula parcerias pensando neste possível cenário.

Rutineia dissertou sobre a destituição dos Patriotas. “No final do mês de maio nós tomamos ciência da destituição das executivas municipais, inclusive a nossa aqui de Concórdia do Patriotas, partido que nos acolheu em 2020 pra que a gente pudesse disputar as eleições municipais”, comenta. “Assim como o PSL que nos retirou e nós por divergências já na época com o governo do estado optamos por não optar pelo partido, estamos pensando sim nas próximas possibilidades, mas hoje nós estamos destituídos do Patriota de Concórdia”, completa Rutineia.

Rutineia também comenta sobre os convites que já recebeu de outros partidos. “Nós recebemos o convite de três siglas partidárias para que o nosso grupo aqui em Concórdia pudesse ingressar para participar inclusive das próximas eleições, estamos pensando com carinho, porque essas siglas defendem o governo Bolsonaro que é a nossa pauta maior”, discorre. “Mas agora o foco é a manifestação do dia 7 de setembro e a gente tá ajudando na organização dessa manifestação pacífica e fica o convite para a população de Concórdia e da região que queira participar conosco, são bem-vindos, nós queremos defender as ações do Governo Federal, o presidente Bolsonaro e lutar pelo saneamento das instituições, esse é o nosso grande objetivo agora”, finaliza Rutineia.

Na primeira vez que disputou uma eleição, em 2018, para deputada estadual, a candidata somou 13.903 votos, um bom resultado como estreante, mas não sendo suficiente para conseguir uma cadeira no legislativo de Santa Catarina. No ano passado tentou a Prefeitura de Concórdia, a advogada ficou em terceiro lugar com 2.606 votos.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM