Rádio Rural

NOTÍCIAS


Economia

Comentário André Perfeito: Revisão projeção câmbio fim de 2021, de R$ 5,40 para R$ 5,55

"Somos atualmente TOP 1 em projeção de câmbio no FOCUS"

Por Lucas Villiger
21/10/2021 às 10h11 | Atualizada em 21/10/2021 - 10h16


Somos atualmente TOP 1 em projeção de câmbio no FOCUS porque demos um peso maior aos ruídos políticos que aos fundamentos tradicionais do câmbio, como os Termos de Troca. Acreditamos que estes aspectos são os mais relevantes por ora e após as turbulências do dia de ontem está suficientemente claro que o governo deve de fato romper o Teto de Gastos e esta é uma nova informação que deve ser incorporada às percepções do mercado. Neste sentido revisamos nossa projeção para o Dólar para o fim deste ano de R$ 5,40 para R$ 5,55. Para o ano que vem mantemos a projeção em R$ 5,50.

Lembramos que no relatório FOCUS a projeção mediana está em R$ 5,25 para este ano e ano que vem, logo apesar das nossas projeções estarem muito próximo do atual patamar do Dólar é significativamente superior às projeções de mercado.

Muito se especulou ontem e hoje também sobre a próxima reunião do COPOM e os investidores precificam hoje uma alta de 125 pontos na SELIC já em outubro. Nossa projeção era de alta de 125 pontos na última reunião e erramos no prognóstico. Acreditamos que o BCB prefira ao invés de subir de maneira mais forte a taxa no curto prazo fazer um ajuste mais prolongado no tempo e neste sentido não alteramos nossas projeções para a taxa básica este ano e ano que vem. Mantemos a SELIC no final de 2021 em 8,25% e no início de 2022 em 9,50%.
 
Quer receber nossas notícias em primeira mão? Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp clicando aqui e receba as principais matérias do dia para ficar sempre bem informado com os acontecimentos da cidade e região. Te convidamos também para nos seguir no Instagram através do @radioruralconcordia e acompanhar os bastidores da Rádio, com conteúdos exclusivos de vídeos e imagens.

Fonte: NECTON





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM