Rádio Rural

NOTÍCIAS


Economia

​Corte de verbas preocupa Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa

Seção Embrapa Suínos e Aves pode ser afetada.

Por Lucas Villiger
22/10/2021 às 10h07 | Atualizada em 22/10/2021 - 10h14


O valor de pouco mais de R$ 650 milhões previsto para financiar bolsas e projetos de pesquisa científica acabou reduzido para R$ 89,8 milhões. O corte mobilizou organizações do setor e ampliou os temores de que mais pesquisadores de ponta deixem o país em busca de melhores condições de trabalho no exterior, em um movimento conhecido como ‘fuga de cérebros’.

O presidente do Sindicato Nacional dos Trabalhadores de Pesquisa Seção Embrapa Suínos e Aves, Levino Bassi, comentou sobre o efeito desse corte nas pesquisas. “O impacto dos cortes dos recursos na área de pesquisa agropecuária vai influenciar em muitas pesquisas dentro do âmbito da Embrapa que já estão em execução, e que demandam de recursos e tempo para obter resultados para a sociedade”, disserta. “Sabemos que a Embrapa tem como um de seus objetivos produzir conhecimento e tecnologias, para o desenvolvimento agropecuário do país, o corte além de gerar prejuízo na geração de novas tecnologias, vai também ter um impacto na manutenção de seus campos experimentais, laboratórios e equipamentos”, completa Levino.

Levino também dissertou que o sindicato busca reverter essa situação. “O Sinpaf, por meio de sua assessoria parlamentar, tem conseguido dialogar com diversos parlamentares para mostrar os prejuízos que a pesquisa agropecuária terá, caso não tenhamos os recursos suficientes para dar continuidade nas ações que a Embrapa vem desenvolvendo a nível nacional nas áreas de ciência e tecnologia, gerando novas pesquisas, novas tecnologias, para dar um impacto maior na nossa produção”, finaliza Levino.

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, comentou sobre o corte em uma entrevista. “Eu fui pego de surpresa, falei até com o presidente Bolsonaro sobre isso, ele também foi pego de surpresa por isso. Eu pedi ajuda para recuperação desses recursos e ele prometeu que vai ajudar”, disse o ministro.
 
Quer receber nossas notícias em primeira mão? Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp clicando aqui e receba as principais matérias do dia para ficar sempre bem informado com os acontecimentos da cidade e região. Te convidamos também para nos seguir no Instagram através do @radioruralconcordia e acompanhar os bastidores da Rádio, com conteúdos exclusivos de vídeos e imagens.
 





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM