Rádio Rural

NOTÍCIAS


Agropecuária

​ACCS avalia baixa de R$ 0,10 no preço pago pelo quilo do suíno vivo na integração

Suinocultura não teve lucro em 2021, diz presidente da ACCS

Por Lucas Villiger
11/11/2021 às 11h09


A suinocultura catarinense é uma das atividades que representam grande parte do PIB do estado, porém esse ano foi de muitas dificuldades para o setor. Com a estiagem afetando a produção e também com a grande alta da inflação, que impactou no preço dos insumos, o custo de produção do suíno aumentou consideravelmente, dificultando a vida do produtor.

O presidente da Associação Catarinense de Criadores Suínos (ACCS), Losivanio de Lorenzi, comenta a atual situação do mercado, que teve mais uma baixa. “Infelizmente mais uma vez uma queda no preço do suíno pago ao produtor e em um tempo que deveria ser ao contrário, com boas perspectivas de aumento”, discorre. “Historicamente, de agosto em diante há uma melhora no consumo, assim como a partir do final de outubro começam as compras de final de ano para os estoques do período de festas, mas esse ano está sendo ao contrário”, completa Losivanio.

Losivanio também explica o motivo dessa situação. “Eu acredito que pela questão da pandemia, a perda que nós tivemos do poder aquisitivo, onde o povo brasileiro trabalhador não consegue comprar mais proteínas animais, no caso a carne suína, por mais barato que ela esteja em relação as outras carnes”, comenta. “Outra questão também é aquele problema que nós temos com a China, onde ainda não foram liberadas as exportações de carne bovina, fazendo com que também tenha uma pressão sobre isso e assim vem uma preocupação muito grande, pois esse ano nós não tivemos lucro na atividade, mas sim um prejuízo muito grande”, finaliza Losivanio.
 
Quer receber nossas notícias em primeira mão? Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp clicando aqui e receba as principais matérias do dia para ficar sempre bem informado com os acontecimentos da cidade e região. Te convidamos também para nos seguir no Instagram através do @radioruralconcordia e acompanhar os bastidores da Rádio, com conteúdos exclusivos de vídeos e imagens.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM