Rádio Rural

NOTÍCIAS


Estado

Concórdia poderá receber R$ 75 milhões do Estado

Governo quer lançar programa que dá R$ 1 mil por habitante às maiores cidades.

Por Luan de Bortoli
12/11/2021 às 06h24 | Atualizada em 12/11/2021 - 08h09


Está em gestação dentro do governo de Santa Catarina um projeto que vai dar R$ 1 mil por habitante para os 50 maiores municípios do Estado. O dinheiro será usado para obras estruturantes. O anúncio oficial do programa deve ocorrer entre os dias 29 de novembro e 1º de dezembro. Equipes do Executivo fazem os ajustes finais para a destinação dos recursos. A base do cálculo levará em conta a estimativa populacional do IBGE conforme o Censo 2020.  

As prefeituras vão assinar termos de cooperação junto ao governo estadual para a execução de obras em até cinco anos. A ideia do Executivo é que sejam construções de grande porte, e não para serviços pequenos e pontuais. Por isso, todos os projetos precisarão ser aprovados pelo Estado antes da execução.

Reuniões ainda acontecem no Centro Administrativo para a definição do formato operacional do novo programa. O principal ponto é garantir a execução das obras e a aprovação dos projetos, e evitar que eles fiquem travados. Inicialmente, a ideia era atender as 30 maiores cidades, mas o governo aumentou a capilaridade do repasse para as 50 com mais população.

Por esta metodologia, a proposta do governo estadual contemplaria o município de Concórdia. A cidade possui 75.683 habitantes, aparecendo entre as 20 maiores de Santa Catarina. Assim, o município receberia pouco mais de R$ 75 milhões, seguindo a ideia do executivo estadual.

A escolha da quantidade dos municípios leva em conta a distribuição de recursos pelo Estado em 2021. O núcleo duro do governo Carlos Moisés da Silva chegou ao cálculo de que neste ano foram repassados R$ 1,2 bi para as cidades catarinenses. Desse valor, 74% foi para as pequenas cidades, enquanto os outros 26% ficou para os grandes municípios.

Com isso, o entendimento é de que nos lugares onde 73% das pessoas de SC residem, só chegou 26%. A ideia, então, é complementar e distribuir com equilíbrio os recursos do Estado.
 
Quer receber nossas notícias em primeira mão? Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp clicando aqui e receba as principais matérias do dia para ficar sempre bem informado com os acontecimentos da cidade e região. Te convidamos também para nos seguir no Instagram através do @radioruralconcordia e acompanhar os bastidores da Rádio, com conteúdos exclusivos de vídeos e imagens.





01 COMENTÁRIO - Deixe também o seu Comentário



Gege comentou em 12/11/2021 as 10:22:55
Por uma estimativa errada do IBGE, baseada no Censo de 2010, onde o crescimento da cidade era bem menor, Concórdia vai perder mais de 5 milhões. Nos últimos anos a cidade cresceu bastante, milhares de pessoas de diversos estados, vieram morar em Concórdia, em busca de emprego (no meu trabalho tem muitos), inclusive muitos estrangeiros vieram pra Concórdia, só de venezuelanos são mais de 3 mil. E toda essa gente não está na estatística do IBGE. Concórdia tem hoje mais de 80 mil habitantes, fácil.




VEJA TAMBÉM