NOTÍCIAS



Coronavírus

Novembro é o mês com menos infecções por covid desde o início da pandemia em Concórdia


É o sétimo mês seguido de quedas de casos da doença no município, resultado da vacinação.

Por Luan de Bortoli
01/12/2021 às 06h10 | Atualizada em 02/12/2021 - 07h38
Compartilhar


Pelo sétimo mês consecutivo, Concórdia observou queda no número mensal de pessoas contaminadas com o coronavírus, apontou levantamento realizado pela reportagem da emissora. Nos 30 dias de novembro, o município registrou 96 casos de pacientes com covid-19, se tornando o mês com menos diagnósticos da doença em toda a pandemia. 

Com isso, novembro supera outubro, que era o mês com menos casos até então. O décimo primeiro mês do ano teve uma redução de 5% na quantidade de casos em relação ao registrado em outubro, e de 85% na comparação com novembro do ano passado. Março de 2021 segue como o mês com mais casos de covid em Concórdia, com 2.667 confirmações. 

O levantamento do jornalismo da emissora foi feito com base nos boletins epidemiológicos divulgados diariamente pela administração municipal. Concórdia terminou novembro com 19.666 diagnósticos positivos da doença. Desde outubro, a prefeitura não divulga boletins aos fins de semana, o que pode influenciar na redução de números totais dos casos.

Em novembro, foram feitos cerca de 1700 testes da doença em Concórdia, uma redução em relação aos meses anteriores. Com isso, o percentual de resultados positivos foi de apenas 5,6%, apontando para uma redução em relação ao total de testes. O maior número diário de casos positivos foi de 19 diagnósticos, mas é um valor de acumulado de quatro dias.

No levantamento, também foram analisados os dados das chamadas semanas epidemiológicas. O mês apresentou um número baixo de casos semanais, sem grandes oscilações, variando de 15 a 33 casos por semana. 

Já quanto ao número de mortes, houve um equilívrio. Conforme os boletins da prefeitura, Concórdia teve três óbitos em decorrência da covid no último mês, mesmo número anotado em outubro. Outubro e novembro são os meses com menos mortes desde outubro do ano passado, quando foram duas.

As quedas nos números dos casos confirmados e dos óbitos em Concórdia estão diretamente ligadas ao aumento da vacinação contra a covid-19, conforme explicam profissionais da saúde. Conforme avança a população imunizada, mais difícil fica de o vírus se espalhar. A vacinação também evita que a doença progrida para a versão severa, assim também protegendo de mortes.
 
Quer receber nossas notícias em primeira mão? Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp clicando aqui e receba as principais matérias do dia para ficar sempre bem informado com os acontecimentos da cidade e região. Te convidamos também para nos seguir no Instagram através do @radioruralconcordia e acompanhar os bastidores da Rádio, com conteúdos exclusivos de vídeos e imagens.




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM