Rádio Rural

NOTÍCIAS


Coronavírus

Quase 600 crianças foram vacinadas contra a covid em Concórdia até o momento

Procura pelos imunizantes está um pouco mais lenta nesta etapa.

Por Luan de Bortoli
26/01/2022 às 08h12 | Atualizada em 26/01/2022 - 08h56


Embora com uma procura um pouco mais lenta do que nos demais grupos, a vacinação contra a covid-19 em crianças de 5 a 11 anos em Concórdia está transcorrendo de forma tranquila e 579 delas já foram imunizadas com uma dose até agora em duas ações realizadas no município. 

Esta é a avaliação da secretária de saúde de Concórdia, Leide Mara Bender, durante entrevista realizada na manhã desta quarta-feira, dia 26, ao jornalismo da emissora. Esta demora, porém, pode indicar que os pais ou responsáveis ainda estão um pouco receosos quanto à aplicação para as crianças.

No entanto, a secretária lembra que até agora, tanto em Concórdia, como em nível nacional, não há registros de crianças que tenham passado por algum efeito adverso grave. "Mas a gente lembra que toda e qualquer vacina, não só da covid, pode gerar alguma reação, não só nas crianças, mas também aos adultos", disse ela.

Conforme ela, as vacinas foram testadas e são seguras e eficazes. Os imunizantes foram aprovados pela Anvisa e também já são usados em diversos países mundo agora. "Até o momento, todas a doses aplicadas, não tivemos nenhum problema. Tudo muito tranquilo. E as vacinas são testadas em várias etapas de análise. E acreditamos na ciência, no SUS. E o que está está chegando para nós é seguro".

Leide Mara explica que as duas ações realizadas até agora em Concórdia tiveram todas as doses esgotadas. Com quase 600 crianças imunizadas com uma dose, a procura é mais tranquila, comenta ela. "Todas as doses foram agendadas e aplicadas. Mas a procura é mais lenta. Está mais calmo. Mas aplicamos 579 doses. A vacina não é obrigatória. É uma opção dos pais".

A secretária também repassou dados da covid relacionados à covid-19. De acordo com ela, em Concórdia pelo menos 1.187 crianças foram diagnosticadas com a doença de forma oficial. Deste total, pelo menos cinco precisaram de internação. Inclusive, nesta semana há uma criança internada no Hospital São Francisco com a doença.

Novas ações de vacinação para as crianças estão previstas para os próximos dias. Conforme Leide Mara, a expectativa é que pelo menos mais uma ação para este grupo seja realizada na semana que vem, mas o dia ainda não está definido. A prefeitura deve divulgar a data até o fim de semana.

Nos próximos dias também o Estado deve enviar para as regionais de saúde mais uma remessa de vacinas. Santa Catarina recebeu cerca de 130 mil vacinas infantis da Pfizer e da Coronavac, que serão enviadas aos municípios. O intervalo da Pfizer é de oito semanas e da Coronavac, 28 dias.
 
Quer receber nossas notícias em primeira mão? Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp clicando aqui e receba as principais matérias do dia para ficar sempre bem informado com os acontecimentos da cidade e região. Te convidamos também para nos seguir no Instagram através do @radioruralconcordia e acompanhar os bastidores da Rádio, com conteúdos exclusivos de vídeos e imagens.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM