NOTÍCIAS



Política

Presidente estadual do PSDB, Rogério Pacheco, fala sobre desfiliação de Merísio


"Não altera o projeto do PSDB".

25/02/2022 às 13h58 | Atualizada em 27/02/2022 - 07h59
Compartilhar


A reportagem da Rural conversou com o presidente estadual do PSDB, prefeito de Concórdia, Rogério Pacheco, sobre o desligamento de Gelson Merísio da sigla. No começo da semana Merísio esteve ao lado dos petistas Lula e Décio Lima, confirmando apoio ao primeiro para a busca pela presidência da República e praticamente encaminhando a ida para um dos partidos centro/esquerda catarinense para onde estará o PT de Décio Lima  na corrida estadual. 

"Sabíamos de desconforto de Merísio como pré-candidato ao governo do Estado pelo PSDB devidos as prévias federais. Mas não tínhamos somente o nome dele. Aliás temos vários: Vinícius Lummertz, Leonel Pavan, Marcos Vieira, Clesio Salvaro e Paulo Bauer", disse Pacheco. "A desfiliação já era ato consolidado e ele queria fazer uma reunião para falar dos motivos. Depois que vazou a foto dele com Lula e Décio nem precisou mais de reunião", completa. 

O presidente estadual do PSDB admitiu: "confesso que causou impacto. Trata-se de um pensamento ideológico bem diferente. Mas isso não altera o projeto do PSDB".  Rogério Pacheco finalizou que não foi necessária intervenção da sigla quanto ao vazamento da foto, pois Merísio já havia formalizado que de desfiliaria para o secretário tucano Gilmar Knaesel.

Merísio estava no PSDB desde 2019. 

(De entrevista para Marcos Feijó)
 
Quer receber nossas notícias em primeira mão? Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp clicando aqui e receba as principais matérias do dia para ficar sempre bem informado com os acontecimentos da cidade e região. Te convidamos também para nos seguir no Instagram através do @radioruralconcordia e acompanhar os bastidores da Rádio, com conteúdos exclusivos de vídeos e imagens.




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM