Rádio Rural

NOTÍCIAS


Estiagem

Com melhora da chuva, Casan suspende manobras e transporte de água

Campo também começa a sentir redução dos impactos.

Por Luan de Bortoli
17/03/2022 às 06h25 | Atualizada em 17/03/2022 - 08h43


Conforme levantamento feito pela reportagem da emissora com base nos dados disponibilizados pela Embrapa Suínos e Aves e também pela Epagri/Ciram, Concórdia registrou uma melhora na quantidade de chuva neste mês de março. A média aproximada na primeira quinzena foi de 80 a 100 milímetros, acima do que foi observado em fevereiro, quando foram 65 milímetros.

Diante deste novo cenário, a situação da forte estiagem que assola Concórdia foi pelo menos amenizada neste terceiro mês do ano. Um dos pontos mais afetados por esta problemática é o abastecimento de água, que ficou comprometido durante alguns meses no município. Mas agora, conforme a Casan informou à reportagem, esta situação está controlada.

De acordo com a empresa, as pancadas de chuva quase que diárias, mesmo que não em grande quantidade, estão ajudando a encher os rios que servem para captação. Com isso, as manobras operacionais estão suspensas há algumas semanas. O transporte de água do rio Uruguai para o rio Suruvi também foi suspense temporariamente há pelo menos duas semanas.

A BRF informou à reportagem da emissora que também deverá suspender a busca de água. Desde dezembro, a empresa utiliza caminhões fazer puxe de água da comunidade de Rancho Grande para evitar paralisação da produção. Mas este serviço deverá ser encerrado neste sábado, dia 19.

A administração municipal de Concórdia também já sente os impactos das chuvas recentes. Desde o ano passado, a prefeitura realiza transportes diários de água para algumas propriedades do interior que mais sofrem com a escassez. Mas, de acordo com as informações levantadas, este número diminuiu. A quantidade, que já foi de 15 cargas diárias, agora é inferior a cinco pedidos por dia.

Isso também é indicativo de que a agricultura de Concórdia também vem observando uma recuperação. Conforme o secretário municipal de desenvolvimento agropecuário, Mauro Martini, as últimas chuvas estão contribuindo para recuperar algumas culturas afetadas pela seca. O quadro melhorou bastante, mas resquícios ainda são sentidos.

A estiagem que afeta Concórdia começou ainda em 2018, e desde lá vem se intensificando com altos e baixos. Em alguns momentos, a quantidade de chuva melhora, mas na sequência já fica abaixo do esperado. Do fim do ano passado para cá, este quadro piorou bastante e se tornou um dos piores momentos de estiagem em Concórdia.
Quer receber nossas notícias em primeira mão? Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp clicando aqui e receba as principais matérias do dia para ficar sempre bem informado com os acontecimentos da cidade e região. Te convidamos também para nos seguir no Instagram através do @radioruralconcordia e acompanhar os bastidores da Rádio, com conteúdos exclusivos de vídeos e imagens.





SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM