NOTÍCIAS



Justiça

Júri popular em Itá tem absolvições


Crime em dezembro do ano passado.

29/04/2022 às 09h37 | Atualizada em 29/04/2022 - 09h46
Compartilhar


Em julgamento realizado nesta quinta-feira,28, na Câmara de Vereadores de Itá, o Tribunal do Júri absolveu dois réus de uma acusação de tentativa de homicídio e condenou outro réu por lesões corporais contra a vítima. O crime foi registrado no dia 19 de dezembro de 2021, na rua 34, no bairro Floresta, em Itá.

No banco dos réus, A M, G M e A L M. Eles eram acusados de uma tentativa de homicídio contra E A F. Após intensos debates entre defesa e acusação e o voto dos jurados, A M e A L M foram absolvidos. Já o réu G M foi condenado a um ano e dois meses de prisão, no regime semi aberto. Foi desclassificada a tentativa de homicídio e o réu condenado por lesões corporais. Segundo informações, ele terá o direito de recorrer em liberdade.

O Ministério Público foi representado pelo Promotor Luis Otávio Tonial, que informou que não deve recorrer da decisão. Os acusados foram defendidos pelo advogado Marcos Hall. O juiz Rodrigo Clímaco José presidiu a sessão.

O caso

Conforme o processo, o crime foi no dia 19 de dezembro de 2021, na rua 34, no bairro Floresta, em Itá. Um homem foi atingido por golpes de faca. A guarnição da Polícia Militar foi acionada após a vítima ter dado entrada no hospital.

No local, a esposa da vítima informou que estava na casa de sua filha. O marido chegou por volta das 7h para buscá-la e neste momento, três homens chegaram ao local armados de faca. Um deles. desferiu vários golpes na vítima e se evadiu do local, junto com os demais, em um veículo Palio branco.
 
Quer receber nossas notícias em primeira mão? Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp clicando aqui e receba as principais matérias do dia para ficar sempre bem informado com os acontecimentos da cidade e região. Te convidamos também para nos seguir no Instagram através do @radioruralconcordia e acompanhar os bastidores da Rádio, com conteúdos exclusivos de vídeos e imagens.


Fonte: BELOS F7




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM