NOTÍCIAS



Concórdia

Após reuniões, prefeitura de Concórdia decreta situação de emergência por tornado


Município teve prejuízos de até R$ 10 milhões em estragos na semana passada.

Por Luan de Bortoli
29/06/2022 às 15h46 | Atualizada em 30/06/2022 - 14h27
Compartilhar


Os estragos causados pelos temporais e pelo tornado que atingiram Concórdia e região motivaram o decreto de situação emergência em decorrência das perdas causadas pelos fenômenos naturais. A aprovação do decreto ocorreu na tarde desta quarta-feira, dia 29, em reunião na prefeitura de Concórdia.

​A decisão foi aprovada de forma consensual entre os participantes da reunião realizada pelo Poder Executivo que contou com a presença da Defesa Civil, Bombeiros, Epagri, BRF, Celesc e Poder Legislativo.

Conforme informações, o prefeito Rogério Pacheco e a equipe da administração municipal fizeram visitas aos locais mais atingidos no início da semana. Já nesta quarta, defesa civil, entidades, secretarias e outras autoridades se reuniram para apontar os dados levantados em decorrência dos estragos.

De acordo com o prefeito, Concórdia teve prejuízos na ordem de R$ 10 milhões.  Foram atingidos principamente os pontos do interior do município, na região da BR-153. Com o decreto, as vítimas dos estragos terão facilitado o pedido de financiamento, juros com prazo maior de pagamento e financiamentos subsidiados pelo Estado.

Pacheco explicou que o decreto de Situação de Emergência Nível Um dá condições para as famílias atingidas, que não possuem seguro, acessar linhas de crédito com juro baixo e financiamento de longo prazo, subsidiados pelo Estado através da Epagri. Da mesma forma, as empresas que possuem ou não seguro, conseguirão recursos com taxas mais acessíveis junto às instituições bancárias.

Os temporais mais intensos que atingiram Concórdia e região foram registrados na semana passada. Houve chuva acima do esperado, além de vento forte em alguns locais. Tanto é que o município foi atingido por um tornado, de intensidade fraca, que foi confirmado pela Defesa Civil na segunda-feira.  




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM