NOTÍCIAS



Região

Governador de SC diz que está buscando resolver problema em licitações para a 283


Dos 4 trechos, dois não estão conseguindo ter empresas interessadas.

Por Luan de Bortoli
04/07/2022 às 06h14 | Atualizada em 04/07/2022 - 08h05
Compartilhar


O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, está ciente das dificuldades para conseguir levar adiante os projetos de infraestrutura, especialmente no que diz respeito a rodovias. Isso porque as licitações para definir uma empresa para realizar a revitalização da SC-283, na região de Concórdia, estão enfrentando dificuldades.

Em Concórdia na semana passada, Moisés falou do assunto. Ele disse aos jornalistas que a principal justificativa para os certames não darem resultado positivo é o custo das coisas que está subindo rapidamente. Mas o governo está buscando alternativas para solucionar o problema, conforme o governador.

"Os preços estão subindo rapidamente, a inflação também. As empreiteiras, quando participaram das licitações, iniciaram com o preço do diesel a R$ 3, e agora tá chegando a R$ 8. Então, isso dá um impacto, um desequilíbrio nos contratos, que precisam ser revisados. Estamos encontrando uma solução junto ao Tribunal de Contas, para revisar tabelas e contratos, e trazer o modelo para os prefeitos. Quando a gente faz um processo, licitação, os preços aumentam e os valores ficam desatualizados. Precisamos corrigir a diferença, para que as empresas também não trabalhem no prejuízo".

Desde que foi anunciado o projeto de revitalização da rodovia, apenas um trecho saiu do papel. A obra já começou entre Chapecó e Arvoredo. Em outro trecho, entre Seara e o acesso a Arabutã, houve uma empresa vencedora, mas em outros dois locais (Concórdia a Arabutã e Seara a Arvoredo) os resultados têm sido deserto ou fracassado.
 
Quer receber nossas notícias em primeira mão? Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp clicando aqui e receba as principais matérias do dia para ficar sempre bem informado com os acontecimentos da cidade e região. Te convidamos também para nos seguir no Instagram através do @radioruralconcordia e acompanhar os bastidores da Rádio, com conteúdos exclusivos de vídeos e imagens.




01 COMENTÁRIO
Deixe também o seu Comentário




Rodrigo Stain comentou em 04/07/2022 as 16:07:51
Aonde diz: "entre Seara e o acesso a Arabutã, houve uma empresa vencedora" quem havia ganho era a BRITAX de Concórdia, mas a empresa foi desqualificada, pois segundo o estado isso aconteceu porque a construtora não possui em seu histórico a execução de uma obra de grande porte rodoviário.



VEJA TAMBÉM