NOTÍCIAS



Coronavírus

Em junho, casos de covid aumentam 54% em Concórdia


Casos graves e óbitos não acompanharam a alta, efeito da vacinação.

Por Luan de Bortoli
05/07/2022 às 06h08 | Atualizada em 05/07/2022 - 08h06
Compartilhar


Em junho, os indicadores relacionados à covid-19 seguiram a tendência de maio e voltaram a registrar altas em Concórdia. De acordo com levantamento feito pela reportagem da emissora, o município anotou pelo menos 1055 casos mensais da doença. Esta quantidade alcançada em junho representa uma alta de 54% em relação ao total de casos registrados em maio, que havia sido de cerca de 680.

Até o fim de junho, Concórdia tinha um total de 31.101 pessoas contaminadas no acumulado desde o início da pandemia. Em dois anos, o mês com menor número de infectados com covid continua sendo dezembro do ano passado, com apenas 52 confirmados, enquanto que fevereiro deste ano é o campeão, com mais de cinco mil positivados.

O número de recuperados manteve um equilíbrio em relação aos confirmados com a doença. Cerca de 1.030 pacientes venceram a covid, chegando a 30.726 no acumulado. O mês de junho foi marcado por semanas de oscilações que indicam alguma estabilidade em relação aos contaminados, variando de cerca de 180 a 350 ao longo do período.

Quanto aos casos ativos, junho manteve um equilíbrio, indicando que mais pessoas estão se contaminando, ao passo que elas também estão se recuperando, ou seja, os casos não estão evoluindo para a forma grave da doença. No fim de junho, 140 pessoas estavam em tratamento, mas ao longo do mês este número chegou a ser o dobro.

Em relação aos suspeitos, também sem muitas alterações, mostram os dados. O mês chegou a ter mais de 400 monitorados, mas o número já voltou a cair e terminou junho com cerca de 250 suspeitos. Os registros de óbitos se mantiveram estáveis, sem mortes por covid em junho. Já é o quarto mês consecutivo que Concórdia não registra mortes em decorrência da doença.

Junho também foi marcado pelo aumento de testes de covid. Foram pouco mais de quatro mil exames para identificar a doença. O percentual de positivados em relação aos testes foi de 80%. O coronavírus, com suas variantes mais recentes, está circulando mais neste momento, mas o número estável de casos, sem aumento de internações ou mortes, é resultado da vacinação, que não impede a contaminação, mas protege contra o avanço da doença.
 
Quer receber nossas notícias em primeira mão? Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp clicando aqui e receba as principais matérias do dia para ficar sempre bem informado com os acontecimentos da cidade e região. Te convidamos também para nos seguir no Instagram através do @radioruralconcordia e acompanhar os bastidores da Rádio, com conteúdos exclusivos de vídeos e imagens.




SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM